​Arquivado inquérito civil que apurou utilização de dinheiro público no Acampamento Farroupilha - 05 de Maio de 2017
< voltar

Clique na foto para ampliar
O Movimento Tradicionalista Gaúcho comemora mais uma vitória. Nesta semana, o presidente Nairo Callegaro recebeu a notícia do arquivamento do inquérito civil relativo à utilização de dinheiro público no Acampamento Farroupilha. Segundo o Ministério Público, diante de todos os documentos juntados (notas fiscais, recibos e prestações de contas), ficou comprovado que todo o dinheiro público destinado à Fundação Cultural Gaúcha / MTG para realização do Acampamento foi utilizado exclusivamente no evento, sem desvios para outros fins e sem prejuízo ao erário público. A investigação analisou as contas de 2010 a 2014, a partir da abertura de inquérito solicitada pelo Sindicato dos Guardadores de Veículos. 

Segundo o presidente do MTG, trata-se de uma decisão importante, que demonstra a seriedade com que a entidade vem realizando o evento ao longo de todos esses anos. “Todos sabem o tamanho do Acampamento Farroupilha, que recebe mais de 1,3 milhão de visitantes em 20 dias, o que o coloca entre os maiores realizados em Porto Alegre, senão o maior, e o que torna nossa responsabilidade muito grande”, afirma. Segundo Callegaro, o MTG é parceiro do Estado na resolução de seus problemas, segundo a Carta de Princípios que norteia as atividades da entidade, e este arquivamento demonstra a assertividade das decisões tomadas, sempre visando a melhor relação custo x benefício em todas as parcerias e contratações.